POSTAGENS RECENTES NO BLOG

CIO DA TERRA






Em noite descoberta e fria
Uma esfera branca  no céu flutua
Vestida de noiva e toda nua
Despudorada ela afaga os navegantes
E os que nela repousam olhares
Doces gigantes.

Não tem jeito... entre gritos, miados e pios 
Lobos babando, uivam
Sangram nas sombras da noite
Suspiros e sussurros.

É madrugada
Encerra-se o cio da vida
Calam as bocas arfantes
E todos pegam no sono.

Por mais algum tempo, a deusa,
Solitária na noite flutua
Até a próxima "cheia"
Fogo sagrado
Sossego profundo!
Sandra May 










Nenhum comentário

Deixe seu contato para receber notificaçõe por e mail